Necrologia

Quem foi o ex-vereador de Taquari falecido no último dia 14, aos 107 anos

Ele exerceu mandato entre 1952 e 1956

Francisco Pereira Rodrigues residia em Porto Alegre
Foto: Reprodução

Faleceu no último dia 14, em Porto Alegre, aos 107 anos, o ex-vereador de Taquari Francisco Pereira Rodrigues. Além de político, ele foi advogado, auxiliar fiscal, poeta, romancista, contista e historiador.

Filho de Amaro Joaquim Rodrigues e Laudelina Pereira Rodrigues, nasceu em 23 de abril de 1913, em Santo Amaro, à época distrito e sede de General Câmara.

Cursou o ensino primário na terra natal e em Santa Maria e o secundário em Garibaldi e Canoas. Sagrou-se bacharel em ciências jurídicas e sociais pela Universidade de Cruz Alta.

Iniciou a vida profissional como auxiliar de escrita, escriturário e secretário-geral da Prefeitura de Santo Amaro. Foi apontador de carga e conferente do porto de Rio Grande, ajudante e fiel do porto de Porto Alegre e escriturário da Exatoria Estadual de Santa Maria. Aposentou-se como fiscal do ICM.

Como político, sempre privilegiou a educação e a cultura, desenvolvendo a vereança numa época em que os parlamentares não recebiam remuneração. Foi vereador por Itaqui entre 1948 e 1952. Defensor da democracia e do fortalecimento do Poder Legislativo, idealizou o 1º Congresso de Vereadores.

De 1952 a 1956, ocupou assento na Câmara de Taquari. Foi também vereador em Farroupilha, entre 1956 e 1960. Em General Câmara, exerceu mandato de prefeito de 1960 a 1964.

Depois, mudou-se para Porto Alegre, onde construiu sólida carreira literária: publicou 41 obras e escreveu mais de uma centena de artigos, contos e poesias. Foi colaborador de diversos jornais, entre os quais “O Taquaryense”.

Presidente de honra da Academia Rio-Grandense de Letras, era titular da cadeira 39 desde 1979. Foi sócio benemérito e presidente da Estância da Poesia Crioula de 1988 a 1989 e membro honorário do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul.

De seu primeiro casamento, com Maria Olga Selene Rodrigues, vieram os seis filhos: Vitória, Ângela, Eduardo, Ronaldo, Francisco Filho e Américo. Após o divórcio em 1980, casou-se com Eni Ribeiro Rodrigues, ao lado de quem viveu até 2004, quando ela morreu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: