Geral

Taquari amarga pior desempenho na geração de empregos em quase uma década

No acumulado do ano, município fechou 123 postos de trabalho

No acumulado do ano, município fechou 123 postos de trabalho

A grave crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus vem aumentando a já extensa lista de desempregados Brasil afora. Taquari não é exceção: nos cinco primeiros meses de 2020, contabilizou 632 contratações com carteira assinada e 755 demissões — saldo negativo de 123 postos de trabalho. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

É o pior desempenho do município nesse período desde 2011, quando amargou 895 desligamentos ante 751 admissões, ou seja, fechou 144 vagas de emprego.

Maio foi o mês em que Taquari registrou os números mais negativos, com 67 contratações e 151 demissões. O saldo negativo de 84 postos de trabalho coloca o município na terceira posição do ranking que reúne todas as cidades do vale. Lajeado lidera a relação, com 508 desligamentos, seguido por Teutônia, com 187.

Os dados atualizados do Caged foram divulgados no último dia 29.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: