Metade do Rio Grande do Sul fica sob bandeira vermelha

Região de Lajeado, na qual Taquari está inserido, permanece com classificação laranja

Mapa divulgado nesta sexta-feira
Imagem: Reprodução

O agravamento da pandemia no Rio Grande do Sul deixou metade das regiões do estado sob bandeira vermelha nesta sexta-feira, 3. O alerta de risco atinge 10 dos 20 territórios e coloca sob restrição mais severa de convívio social 73% da população gaúcha. Pela primeira vez desde a adoção do modelo de distanciamento controlado, não há nenhuma região em bandeira amarela.

Com a piora nos indicadores de contágio, Taquara, Palmeira das Missões, Pelotas, Erechim e Caxias do Sul se somaram às demais regiões que desde a semana passada já frequentavam a zona de maior de risco – Porto Alegre, Passo Fundo, Canoas, Capão da Canoa e Novo Hamburgo.

A região de Lajeado, à qual Taquari pertence, continua sob bandeira laranja. Com isso, o regramento que já estava valendo, com todas as orientações de higiene e restrição, se mantém pelo menos até a próxima sexta-feira, 10, quando acontece nova atualização.

Os municípios podem apresentar recurso até domingo, 5, e, na segunda, 6, o governo divulga as bandeiras definitivas, válidas a partir de terça, 7.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.