Ufólogo pesquisa casos de avistamento de óvnis em Taquari

Trabalho reúne cerca de 700 registros sobre a aparição de objetos voadores não identificados no estado

Em reportagem de capa, “O Taquaryense” publicou, em 11 de setembro de 1965, depoimentos que atestavam a visita de objeto aéreo não identificado ao município. Em busca desses relatos, o pesquisador e ufólogo porto-alegrense Márcio Parussini (foto) entrou em contato com o jornal.

Desde 2011, ele realiza levantamento de dados sobre a casuística ufológica no Rio Grande do Sul. Atualmente, a pesquisa contabiliza cerca de 700 casos em mais de 120 municípios. “São registros que datam a partir de 1872, e a cidade de Taquari se faz presente com fenômenos ocorridos há mais de 120 anos”, conta Márcio.

Em 1891, segundo o pesquisador, consta ter sido observado em Taquari um objeto semelhante a um cometa, que, ao dividir-se em duas partes, gerou uma espécie de tornado, cujos ventos destruíram residências e arrasaram lavouras. “Além disso, em 1894, algo parecido com uma bola de fogo passou por cima do município e causou tremores no solo, conforme registrado no anuário estadual de 1897”, cita Parussini.

O porto-alegrense integra o Grupo de Estudo de Ufologia Científica do Rio Grande do Sul e é consultor da revista “UFO”, publicação mensal editada em Campo Grande (MS).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.