De casa, juvenis do Pinheiros seguem treinando

Atividades no campo estão suspensas há 20 dias

Matheus Goerck Dias e colegas cumprem cartilha elaborada pela comissão técnica | Foto: Divulgação

Os treinos do time juvenil do Esporte Clube Pinheiros, iniciados em 3 de fevereiro, foram suspensos há exatos 20 dias, em virtude da pandemia do coronavírus. No entanto, os 29 atletas da equipe periquita seguem realizando atividades, só que em casa e sob a supervisão, à distância, do técnico Francisco Bellini (Chico).

Para minimizar os prejuízos causados pela falta de jogos e treinamentos, os professores Antônio Carlos Dutra e Bruno Brandão, integrantes da comissão técnica, prepararam uma cartilha de atividades, a fim de que os jogadores mantenham a rotina de trabalho.

Foram montados vários tipos de treinos, que abordam todas as valências físicas. “Os atletas aderiram à ideia e estão bem comprometidos. Diariamente, eles me mandam os resultados do treino e um vídeo no qual mostram a atividade realizada. Então, eu coloco esses dados numa planilha e, dessa forma, acompanho o desenvolvimento de cada atleta”, explica o técnico Chico.

Além disso, ele procura indicar vídeos, mensagens e leituras que condizem com o momento, para motivar seus atletas e mantê-los focados. “Esperamos que isso passe rápido, que as consequências sejam as menores possíveis e que possamos voltar mais fortes e felizes para trabalhar”, diz o treinador.

A princípio, o Pinheiros disputaria três campeonatos: Gauchão Juvenil, Encosta da Serra e Copa Taquari. O Gauchão teria início na primeira semana de maio. Porém, a Federação Gaúcha de Futebol ainda não se pronunciou sobre as competições de base. A atenção da entidade está voltada para as três divisões profissionais.

O técnico Chico destaca que, apesar da indefinição, é fundamental que os atletas se mantenham preparados. “Não podemos iniciar do zero, porque o prejuízo será muito grande. Quando voltarmos, não vamos ter muito tempo para trabalhar. Então, precisaremos estar na melhor forma possível”, salienta o comandante.

Uma nova rotina

Em vez dos treinos com bola e das atividades no campo, o volante Matheus Goerck Dias, 16, e os colegas de time têm feito corridas pela cidade e, em casa, realizam o restante dos exercícios. “Gostaríamos de poder ter a nossa rotina normal, treinando e nos preparando para os campeonatos que começariam nas próximas semanas. Mas a gente entende que a nossa saúde e a saúde dos nossos familiares estão acima de qualquer coisa”, ressalta Matheus.

Baseados em slides encaminhados pelo clube, os atletas seguem um cronograma de treinamentos. Às segundas, quartas e sextas-feiras, trabalham condicionamento físico e fortalecimento de membros inferiores e superiores. Às terças e quintas, focam na parte aeróbica, com corridas de, em média, cinco quilômetros ou 30 minutos.

“Todos os dias, mandamos informações para o técnico, vídeos e imagens referentes aos treinamentos realizados”, explica o volante, destacando que a comissão técnica está sempre à disposição para o esclarecimento de dúvidas. “Estamos trabalhando com bastante motivação e buscando evoluir, a cada dia, de todas as maneiras, pois sabemos que isso vai passar. Voltaremos mais fortes”, assegura Matheus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.