Número de veículos cresce 16 vezes mais que o de habitantes em Taquari

Aumento da frota foi 45,4% superior ao da população nos últimos 10 anos

Falta de vagas no estacionamento central é reflexo desse crescimento | Foto: Pedro Harry

Em 2010, Taquari tinha 0,4 veículo para cada habitante. Em 2019, a proporção subiu para 0,6. O aumento da frota fica ainda mais evidente se levado em conta que, nos últimos 10 anos, a população cresceu 2,9% no município, enquanto o número de veículos ficou 48,3% maior.

Conforme o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Taquari contava com 12.239 veículos e 26.092 habitantes em 2010. Já em 2019, os números subiram, respectivamente, para 18.159 e 26.862.

Isso significa dizer que, nesse período, a frota de veículos cresceu 16 vezes mais que a população no município. Com mais motoristas a trafegar pelas ruas, as consequências vão desde a aceleração do desgaste das estruturas viárias até o movimento intenso, especialmente nos horários de pico. A rua Sete de Setembro, no Centro, é a mais problemática nesse aspecto.

De acordo com a coordenadora municipal de Trânsito, Cleonice Almeida, o departamento está atento à situação. “Mantemos contatos frequentes com a CDL e a Brigada Militar para discutir possíveis medidas de melhorias para o trânsito de nossa cidade”, diz Cleonice.

Atualmente, o município não possui um plano de mobilidade urbana, obrigatório para cidades com mais de 20 mil habitantes. No ano passado, o governo federal estendeu para 12 de abril de 2021 o prazo para as prefeituras elaborarem o documento, sem o qual não poderão receber recursos do Orçamento Geral da União (OGU) nem acessar financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Estacionamento

O crescimento da frota agravou um problema que aflige os motoristas na área central de Taquari: a falta de vagas para estacionar. Em 2014, a administração municipal tentou resolvê-lo implantando um sistema de estacionamento rotativo que, alvo de críticas, não foi mantido. Desde 2019, porém, o retorno desse sistema é discutido.

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), César Fazenda, foi realizada uma pesquisa entre os associados da entidade para saber o que eles pensam sobre uma possível volta do estacionamento rotativo. “A maioria se manifestou favoravelmente”, adianta César. O resultado será detalhado em março, após o período de férias, pelo vice-presidente da CDL, Deivid Rosário, que apurou o resultado.

No vale

Cruzamento feito por “O Taquaryense” com base nos registros do Detran e nas estimativas do IBGE revela que, das 38 cidades da região, Lajeado é a que apresenta o maior número de veículos por habitante (0,8); Coqueiro Baixo, o menor (0,5).

Nessa comparação, Taquari aparece em 23º, empatado com Bom Retiro do Sul. Ambos têm 0,6 veículo para cada habitante. Somados, os 38 municípios do vale totalizam uma frota de 269.917 veículos e uma população de 368.650 habitantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.