“O Taquaryense” pode ser inserido em programa da Unesco

Candidatura de 52 periódicos ao projeto Memória do Mundo é pretendida

Informação foi trazida na abertura de exposição no Recife | Foto: Divulgação/AIP

Cinquenta e dois periódicos com mais de um século de história ganharam uma exposição em Pernambuco. “Jornais Centenários do Brasil e Portugal: um Legado Cultural” reúne 18 títulos brasileiros e 34 portugueses na galeria Baobá, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), no Recife.

“O Taquaryense” é uma das publicações que figuram na mostra, realizada pela Associação Portuguesa de Imprensa em parceria com a Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP) e a Fundaj. Aberta no último dia 18, a exposição também tem o apoio do Real Hospital Português.

O presidente da Associação Portuguesa de Imprensa, João Palmeiro, disse na abertura que pretende candidatar esse conjunto de periódicos no programa Memória do Mundo, voltado à preservação de documentos de memória coletiva da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Segundo Palmeiro, numa época de comunicação global, um jornal representa mais do que um conjunto de notícias. “É um permanente pacto com o rigor e a ética, a legar às gerações vindouras suas raízes comuns.”

Trechos da história de cada uma das 52 publicações estão expostos em 30 painéis diferentes. A mostra se estende até 17 de novembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.