Rua Oswaldo Aranha: uma crítica e um elogio à prefeitura

Colunista comenta falta de faixas de pedestres e construção de rampas de acessibilidade

PEDRO HARRY DIAS FLORES
pedroharry.rs@gmail.com

Desde a conclusão do recapeamento da Rua Oswaldo Aranha, não houve a pintura das faixas de segurança na via, uma das mais movimentadas da cidade. Já faz três meses que a obra foi finalizada, e nada… Sublinhe-se: 90 dias já se passaram!

Algo, aliás, que frequentemente me aborrece em Taquari é o total desrespeito às faixas de pedestres. A cada 10 motoristas, oito (ou nove, estou na dúvida) não param para o transeunte que aguarda na faixa atravessar. Sempre que isso acontece comigo, vem-me à lembrança o período no qual estudei em Lajeado, onde as faixas são exemplarmente respeitadas. Ora, se boa parte dos condutores taquarienses já ignora a sinalização quando esta existe, imagine o leitor quando não há. Urge, pois, uma providência.

Agora, um elogio ao poder público: a construção de rampas de acessibilidade, nas calçadas da Oswaldo, é sem dúvida louvável. Os trabalhos são executados pela Conpasul e se estendem do posto 24h até a Lagoa Armênia. Que outras ruas do município recebam a mesma atenção!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.