Mulher é ameaçada de morte pelo ex-companheiro

Amparada na Lei Maria da Penha, ela solicitou medidas protetivas de urgência

Em 30 de agosto, uma mulher compareceu à Delegacia de Polícia para denunciar o ex-companheiro, do qual está separada há cerca de um ano. Ele se mudou para Portão e, desde então, teria passado a lhe fazer ameaças por telefone, dizendo que viria a Taquari para matá-la, caso o relacionamento não fosse reatado.

Ainda na manhã do dia 30, o homem teria feito uma ligação, insistindo para que a antiga parceira fosse até Portão para ficar com ele. Do contrário, poria fim à vida dela.

A mulher expressou o desejo de representar criminalmente contra o ex-companheiro e, amparada na Lei Maria da Penha, solicitou medidas protetivas de urgência. Uma audência ficou marcada para 21 de novembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.